sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Brasil fica em penúltimo em pesquisa sobre simpatia de vendedores

Esse ambiente de preocupação na economia parece que tem contaminado o humor do pessoal que trabalha no comércio no Brasil. 

“Aqui tem uma esfiha tão boa, tão boa, tão boa, que dá até dó de vender” – a esfiha pode até ser uma delícia, mas o anúncio é melhor ainda. Só assim mesmo pra tentar vencer o marasmo. É que tá ruim o negócio... Literalmente! “Tá muito difícil. Você tem que reduzir sua margem assustadoramente pra não perder os seus clientes”, afirmou a empresária Patrícia Gabriel.

E, pelo jeito, quando reduz a margem de lucro, reduz também a de felicidade. Porque o vendedor brasileiro tem recebido os clientes de um jeito, digamos, cada vez menos alegre.

Muitas vezes, quando um cliente chega numa loja, ele lê a seguinte mensagem na parede: "sorria, você está sendo filmado". Só que em alguns casos, a plaquinha que tá faltando para o vendedor dentro é  outra: sorria, ponto. Parece óbvio alguém que está querendo vender alguma coisa dar um simples sorriso para um cliente que chega. Mas na pesquisa do vendedor simpático, o brasileiro ficou na penúltima colocação.

Quem diria... O país com fama de ter riso frouxo, hoje só tem vendedores mais sorridentes que o recatado Japão. Na pesquisa, que foi feita em vários países do mundo, 97% dos vendedores irlandeses estão rindo de bobeira quando chega cliente. No Brasil, só está na cara de 79% dos funcionários.
Está achando que nem é um resultado tão ruim assim? A coordenadora da pesquisa discorda.

“De dez clientes que entraram na loja, dois não foram recebidos com sorriso. Isso é grave. Parece um número pequeno, mas não, se a gente multiplicar isso, quantos entram, quantos clientes entram nas lojas por dia, é um número bastante preocupante”, afirmou Stella Susskind, coordenadora da pesquisa no Brasil.

“Eu posso até comprar se eu estiver precisando muito, mas eu não voltaria mais por conta da má recepção”, disse o bancário Eduardo Bitencourt. Fonte: G1

APAE de Iguatu realiza café da manhã para amigos da instituição




No período de 21 a 28 de agosto, comemora-se, em todo o Brasil, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. Esta data tem o objetivo de ressaltar a importância de entender e discutir conceitos, ideias, sugestões e temas relacionados com a vida de pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Neste ano, o tema é "Inclusão se Conquista com Autonomia". 

A APAE de Iguatu realizou várias ações durante a semana de 21 a 28 de agosto e nesta sexta-feira, realizou um importante café da manhã com a presença do prefeito Aderilo Alcântara, vice-presidente da APAE, da presidente da instituição, Ivanilda Gurgel, a diretora, Ieda Couras, o presidente de honra, Assis Couras, vereador Bandeira Junior, secretária de Educação, Diana Mendonça, da secretária de Assistência, Izaura Gomes, do chefe de gabinete, Lindovan Oliveira, além dos amigos da APAE, como Expedito Assunção, Dr. Mauro Nogueira, Flávio Assunção e a equipe de professores da instituição. 

De acordo com a diretora, Ieda Couras, a comemoração da Semana Nacional foi bastante participativa com eventos que teve a participação de todos e a sociedade tem sido importante na parceria com a APAE. Ela agradeceu a parceria muito estreita com a prefeitura, através do prefeito Aderilo e falou para as mães presentes da importância da APAE para as pessoas com deficiência que tem feito a diferença no atendimento às pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Ieda aproveitou para agradecer à família do Dr. Mauro Nogueira, que segundo ela, graças a ação benevolente da família Nogueira, fez a doação da casa onde hoje funciona a Casa Lar Juvenal e Arlinda Nogueira sendo uma extensão da APAE. 

Números

Segundo o último Censo, realizado em 2010, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE), o Brasil possui mais de 45,6 milhões de pessoas com alguma deficiência (23,9% da população do país). Das quais, a deficiência mental ou intelectual foi declarada por mais de 2,6 milhões de brasileiros, cerca de 1,4% da população brasileira.

Prefeitura de Iguatu inaugura primeira etapa da pavimentação do bairro Altiplano



Em noite de festa, o prefeito de Iguatu Aderilo Alcântara, inaugurou, nesta quinta-feira (27), às 19 horas, a primeira etapa da pavimentação em pedra tosca de várias ruas do bairro Altiplano. Para a conclusão dessa primeira etapa, a prefeitura já investiu um volume de recursos de R$ 1,3 milhão, beneficiando uma área de mais de 26.000m² de pavimento.

Para o bairro Altiplano, a Prefeitura de Iguatu vai investir um volume de recursos de mais de R$ 2,6 milhões. O pavimento é em pedra tosca, com rejuntamento em argamassa de cimento e drenagem de meio fio conjugado com sarjeta de concreto. “Estamos concluindo essa primeira etapa, mas a nossa expectativa é de que possamos voltar a esta comunidade até o final do ano para entregarmos a conclusão desse projeto, tão sonhado por todos vocês moradores”, disse o prefeito Aderilo Alcântara, que assinou a ordem de serviço para a segunda etapa da obra.

A execução da pavimentação do bairro Altiplano faz parte de um projeto no valor de R$ 8,4 milhões, oriundo de um empréstimo contraído pela Prefeitura junto à Caixa Econômica Federal, por meio do projeto Pró-Transporte (PAC 2). Serão beneficiados diversos bairros da cidade. O prazo para pagamento é de 240 meses. “São mais de dois anos à espera da liberação desses recursos. Esse projeto foi dado entrada em 2013, mas a burocracia do Governo Federal fez com que somente agora pudéssemos estar aqui vendo esse importante benefício chegar a esta comunidade”, disse o deputado Agenor Neto.

A líder comunitária Vânia Gomes falou em nome dos moradores do bairro, e agradeceu a chegada do benefício ao bairro. “Antes era muita lama e buracos, sem condições mínimas de tráfego. Dá para afirmar, agora, que vamos começar uma nova fase da nossa vida aqui neste bairro”, disse.

A solenidade contou ainda com a presença do líder político e ex-deputado José Ilo Alves Dantas, dos vereadores; Bandeira Júnior, Louro da Barra, João Lázaro, Antônio Baixinho, Nelho Bezerra, Antônio do Carmo, Pedro Lavor e Ronald Bezerra; dos empresários; Sebastião Sobreira, Júnior Sobreira, Silvio Sobreira, Silvinho Sobreira,; Samuel Sobreira e Sávio Sobreira; além de secretários municipais e a população local. Fonte: Site PMI

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara recebe equipe técnica da Aviação Civil para ver a situação da reforma total do aeroporto

Prefeito Aderilo analisa com equipe técnica como será a nova estrutura do aeroporto de Iguatu



O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara e o deputado estadual Agenor Neto (PMDB), além de prefeitos de vários municípios e representantes da Infraero, participaram na manhã desta quarta-feira (26) de uma reunião com representantes da Secretaria da Aviação Civil (SAC) para discutir a situação de ampliação e construção de nove aeroportos regionais no Ceará, dentre eles Iguatu. O encontro aconteceu na sede da Secretaria de Infraestrutura do Governo do Estado. 
O aeroporto de Iguatu vai ganhar nova estrutura no terminal de passageiros e uma pista nova em concreto

Em Iguatu, o projeto do aeroporto Tomé da Frota contempla obras de recuperação e ampliação da pista de pouso e pátio de aeronaves, construção de terminal de passageiros, além da aquisição de equipamentos de segurança e de navegação aérea. O investimento é de R$ 18 milhões. 

“Na realidade, o Plano de Aviação Nacional para reforma e ampliação de aeroportos já se arrasta por mais de três anos, e desde o início que Iguatu vem pleiteando uma reforma no seu aeroporto, através da influência do deputado Aníbal Gomes, e, recentemente ganhou força, depois de uma audiência que tivemos em Brasília com o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha”, disse Agenor Neto.

Prefeito Aderilo com equipe técnica da Secretaria de Aviação Civil

Equipe visita Iguatu

Durante o encontro ficou definida a visita da equipe de técnicos a alguns equipamentos do interior do Ceará. Em Iguatu, a visita aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (26). Os técnicos foram recepcionados pelo prefeito Aderilo Alcântara, que mostrou as instalações atuais do aeroporto do município. “Fizemos questão de convidar os técnicos para virem a Iguatu para verificarem a estrutura do nosso aeroporto e também conhecerem o plano de desapropriação para o processo de ampliação da pista. A nossa expectativa é muito boa, afinal são R$ 18 milhões em investimentos, que nos permitirão ter voos de aeronaves com até 72 passageiros”, disse o prefeito Aderilo Alcântara.

O Programa de Aviação Regional da SAC, contempla, além de Iguatu, mais oito aeroportos nos municípios de Aracati, Canindé, Crateús, Itapipoca, Cruz (Jericoacoara), Quixadá, Sobral e Juazeiro do Norte.

Prefeitura de Iguatu recupera estradas do Sítio Recreio e região

Estrada do Sítio Recreio foram recuperadas
O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara vem realizando em todo o município a recuperação das estradas da zona rural. Nesta semana a prefeitura está realizando obras de recuperação da estrada do Sítio Recreio. Naquela região já foram recuperados mais de 30km de estradas. 
As estradas estão sendo recuperadas com adição de material

Para o prefeito Aderilo, o serviço de recuperação das estradas tem sido contínuo e com isso, as comunidades da zona rural tem melhores condições de mobilidade e até mesmo para dar melhor condição aos produtores rurais que precisam escoar sua produção agrícola, bem como levar conforto e qualidade no transporte dos estudantes da zona rural do município. 

A recuperação das estradas está sendo feita com adição de material, tipo piçarra, possibilitando assim trafegar com mais tranquilidade, eliminando muitos buracos nas estradas vicinais. 

Governo estuda recriar CPMF para cobrir despesas em 2016

Sem recursos suficientes para cobrir as despesas de 2016, o governo Dilma Rousseff se prepara para enviar ao Congresso uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que recriaria a CPMF, o chamado “imposto do cheque”.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, essa é uma das medidas de aumento de tributos analisadas pela cúpula do Executivo. O Planalto já trabalha em uma minuta da proposta e nesta quarta (26/08) chegou a acionar alguns governadores para pedir apoio à iniciativa.

Para o governo, a crise política e econômica tornou o Congresso refratário a elevações de tributo, por isso é preciso amarrar politicamente a medida antes de ser sacramentada pela presidente.

Auxiliares presidenciais afirmam que a alíquota em discussão ficará abaixo do patamar de 0,38% cobrado até 2007, quando a CPMF foi extinta pelo próprio Congresso, no segundo governo Lula.

A recriação do “imposto do cheque” surge como mais uma possibilidade para o Executivo conseguir fechar as contas do próximo ano e entregar o ajuste fiscal prometido pela equipe econômica.

Não há consenso na chamada Junta Orçamentária, equipe que integra Fazenda, Planejamento e Casa Civil, sobre o tamanho dos cortes de gastos necessários para 2016 para garantir o superavit primário, fixado em 0,7% do PIB.

A Fazenda propõe uma redução mais drástica nas despesas, inclusive as obrigatórias. Chegou-se a cogitar novas alterações em benefícios para reduzir os gastos da Previdência, além de iniciativas para conter o aumento de gastos com o funcionalismo.

PLANEJAMENTO

Nesta quarta, porém, Nelson Barbosa (Planejamento) afastou parte desse roteiro. Ele disse que a proposta de lei orçamentária para 2016, que será enviada pelo governo ao Congresso na segunda (31), levará em conta uma estimativa de crescimento das receitas previdenciárias feita com base nas regras vigentes.

Segundo Barbosa, as sugestões do governo para mudar regras de aposentadorias e pensões ainda serão debatidas em fórum com as centrais sindicais a ser instalado em setembro. Com isso, eventuais sugestões para alterações nas exigências só teriam efeito a partir de 2017.

A posição do Planejamento por um limite menos dramático de corte de gastos tem como argumento central não inviabilizar o andamento de programas federais.

Diante da dificuldade de encontrar receitas extras, ganhou força a ideia de uma PEC para a nova CPMF.

As chances de a proposta ser aprovada pelo Legislativo são restritas. O próprio presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), neoaliado do Planalto, tem criticado medidas para elevar tributos.

A volta da CPMF foi descartada no primeiro semestre após o ministro da Saúde, Arthur Chioro, defender uma fonte adicional de recursos para financiar a saúde.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Politicagem local atrapalha chegada de universidade federal em Icó, diz senador Eunício

Eunício Oliveira
O senador Eunício Oliveira (PMDB) afirma que fica sem compreender como um Estado pobre como o Ceará ainda encontra dificuldades para receber uma Universidade Federal no interior, como é o caso que acontece no município de Icó.

A declaração do peemedebista foi dada nesta quarta-feira (26), em entrevista ao programa Ceará News. O senador destaca que a politicagem local atrapalha a chegada da instituição de ensino federal em Icó.

Estudantes do curso de História da Universidade Federal do Cariri (UFCA), na região Centro-Sul do Ceará, estão mobilizados para obter a doação por parte do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs) de uma área de 20 hectares para instalação do campus universitário no Perímetro de Irrigação Icó - Lima Campos. O movimento tem como tema 'Libera Dnocs'.

Recentemente, em respostas a uma solicitação encaminhada pela Reitoria da UFCA, que tem sede em Juazeiro do Norte, a direção geral do Dnocs informou sobre a impossibilidade de doação da área solicitada.

O senador Eunício Oliveira garante que vai estar com a presidente da República, Dilma Rousseff, e também com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, para tratar sobre o terreno para a Universidade. Por último, concluiu que vai reforçar a luta tendo ainda uma conversa com o ministro da Educação, Renato Janine.

Tasso Jereissati cobra urgência do Governo no debate da crise econômica

O Senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) cobrou urgência do Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos, Senador Delcídio do Amaral (PT-MS), no debate da crise econômica brasileira. 

Durante reunião da Comissão realizada na manhã desta terça-feira (25), Tasso destacou o agravamento da crise em todo o país e ressaltou a importância da vinda do Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e do Presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, para debater o tema com os parlamentares.

Para ele, é preciso priorizar esta discussão sobre as demais, pois a cada dia que passa a crise se agrava e o governo e os Estados estão perdendo o controle da situação econômica. “A crise é muito grave e a cada dia que passa ela aumenta mais. Temos que falar agora sobre como não cair neste abismo”, afirmou.

Casal leva filho de quatro meses dentro de uma mala e é detido pela PRF

Um casal que transportava, em uma motocicleta, um bebê de quatro meses dentro de uma mala de viagem foi flagrado pelo Polícia Rodoviária Federal (PFR). A ação aconteceu na manhã desta quarta-feria, 26, em Caruaru, Agreste de Pernambuco.

Os dois são pais da criança e estavam indo para o trabalho pela BR-104. Eles já estavam sendo monitorados, após denúncias recebidas pela corporação.

À polícia os dois disseram que não tinham como deixar o menino nem dinheiro para se deslocar em algum transporte público. Pai e mãe foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde prestaram esclarecimento.

''Foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Eles vão responder por crime de maus-tratos majorado em 1/3, por se tratar de vítima menor de idade'', detalhou o delegado Eduardo Sunaga. Ainda segundo a polícia, a criança ficou sob cuidados do Conselho Tutelar do município.

Homem que matou repórter e cinegrafista nos EUA pratica suicídio

O acusado atirou contra ele mesmo
O homem que assassinou friamente nesta quarta-feira, 26, nos Estados Unidos dois jornalistas de um canal de televisão durante uma transmissão ao vivo, não resistiu ao ferimento a bala causado por ele mesmo, informaram as autoridades locais.

"O suspeito deste tiroteio morreu no hospital de Fairfax Inova, no norte da Virgínia, em decorrência de um ferimento a bala causado por ele mesmo", declarou o xerife do condado de Franklin (leste) durante uma coletiva de imprensa.

O suspeito é Vester Lee Flanagan, de 41 anos, também conhecido como Bryce Williams. Ele chegou a ser detido e encaminhado para o hospital, onde veio a falecer. "Policiais se aproximaram do veículo e encontraram o motorista sofrendo com um ferimento provocado por um tiro. Ele foi transportado para um hospital para tratar dos ferimentos, que representam um risco para sua vida", informou a polícia em um comunicado.

Flanagan, de 41 anos, estava sendo perseguido pela polícia após ter supostamente atirado em dois jornalistas em frente às câmeras - a repórter Alison Parker e o cinegrafista Adam Ward. A ação, que aconteceu durante uma reportagem em um shopping center em Moneta, região sul de Virgínia, foi capturada pelo cinegrafista.

O suposto autor dos disparos é um ex-funcionário da WDBJ-TV, filiada da CBS. De acordo com o gerente-geral da emissora, Jeff Marks, Flanagan foi desligado da empresa há dois anos.

Cursos de medicina serão avaliados in loco em 2016, diz ministro

Ministro Janine
O ministro da Educação (MEC), Renato Janine Ribeiro, anunciou nesta quarta-feira, 26, mudanças na avaliação dos cursos e estudantes de medicina. De acordo com o ministro, todos os cursos da área serão avaliados in loco em 2016. A secretária de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC, Marta Abramo, explicou que mesmo os cursos que tenham histórico de boas notas não serão dispensados da avaliação.

O ministério anunciou também mudanças na avaliação dos estudantes de medicina. As avaliações serão feitas anualmente, com os alunos do segundo, quarto e sexto ano (o último do curso). “Dada a relevância da medicina, dado que ela está lidando com a vida das pessoas, decidimos avaliar três vezes ao longo do curso. A nossa rigidez em termos de qualidade dos cursos de medicina vai ser muito grande”, afirmou o ministro Renato Janine.

Residência

Outra novidade é que para cada aluno que se formar, a instituição de ensino terá que disponibilizar uma vaga de residência. “Se temos uma faculdade com 50 vagas e a residência é de dois anos, precisaremos ter, na verdade, 100 vagas de residência – metade para o primeiro ano e metade para o segundo ano”, disse o ministro. A intenção do governo, segundo o ministro, é que todos os alunos tenham acesso à residência.

Cota feminina pode diminuir mandatos de mulheres, diz deputada

Dra. Silvana (PMDB)
A deputada Dra. Silvana (PMDB) reprovou nesta quarta-feira, 26, aprovação em 1º turno no Senado de Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria cotas para mulheres nas eleições para vereador, deputado estadual e federal. Segundo a deputada, ação poderia “diminuir a importância” de deputadas nas Casas Legislativas.

“O que queremos são mais mulheres que amem a política, não que nos diminuam alegando que não ganhamos no voto”, diz. “Eu luto para que as mulheres cheguem às casas legislativas pelo seu perfil e competência, não por uma cota que tende a diminuir a importância do seu mandato. Chegamos aqui por meio do voto livre e concorrendo em igualdade”.

Segundo o texto aprovado nesta terça-feira, pelo menos 10% das vagas devem ser reservadas para mulheres. Atualmente, mais de 50% da população do País é composta por mulheres. Apesar disso, o sexo feminino tem apenas 9% do total de deputados federais do Brasil. Na Assembleia do Ceará, apenas sete mulheres ocupam cadeiras contra 39 homens. 

Aprovada na terça por 65 votos a sete, a PEC que cria a cota precisa passar por mais um turno de votação no Senado. Caso aprovado, o texto segue para a Câmara Federal, onde passará por outros dois turnos de votação. Fonte: O Povo

Metade das crianças ainda não foi vacinada contra a poliomielite

Balanço do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça-feira (25), indica que, até o momento, 6,4 milhões crianças foram imunizadas durante a 36ª Campanha Nacional contra a Poliomielite, que iniciou no dia 15 deste mês. A expectativa é vacinar, pelo menos, 12 milhões de crianças entre seis meses e cinco anos incompletos, o que representa 95% do público-alvo, formado por 12,7 milhões. Vale destacar que todas as crianças nessa faixa-etária devem ser imunizadas, mesmo que já tenham completado o esquema vacinal contra a pólio. Neste caso, a dose servirá como reforço na proteção.

A campanha não tem perspectiva de prorrogação, portanto é essencial que pais e responsáveis levem as crianças nos postos de vacinação até a próxima segunda-feira (31). O objetivo da campanha, realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com estados e municípios, é manter o país livre da pólio, uma vez que o último caso da doença foi registrado em 1989. Em 1994, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem. Entretanto, como alguns países da África e Ásia ainda apresentam casos da doença, é essencial manter a população vacinada, para garantir que a paralisia permaneça erradicada no Brasil.

CAS aprova projeto de Eunício que cria Fundo Nacional de Aterros Sanitários

Projeto de Eunício cria um fundo para aterros sanitários
Cerca de três mil municípios brasileiros podem contar com um apoio financeiro fundamental para o planejamento e construção de aterros sanitários de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos. É que a Comissão de Assuntos Econômicos (CAS) aprovou nesta quarta-feira (26), projeto (PLS 207/12) de autoria do senador Eunício Oliveira que cria o Fundo Nacional de Aterros Sanitários (FNAS).

Caso vire lei, a proposta irá financiar 70% dos projetos que atendam às exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos. A matéria define que o fundo seja abastecido pelo Tesouro Nacional ou por doações.

De acordo com Eunício, o texto busca garantir recurso certo para auxiliar os municípios no cumprimento das metas exigidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos. Para ele, é fundamental que as prefeituras se mobilizem no combate aos lixões a céu aberto, mas também argumenta ser necessário que a União ofereça condições para que a legislação seja cumprida no prazo certo.

O prazo ao qual Eunício fez referência diz respeito as metas estabelecidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos. Uma delas era que os municípios, até 2014, implantassem aterros sanitários dando fim aos lixões. Entretanto, quase três mil cidades não conseguiram cumprir as determinações da lei, e novas votações no Congresso garantiram outras datas, escalonadas, que vão de julho de 2018 a julho de 2021, a depender do tamanho das cidades, para que a legislação seja obedecida.

Regras

O FNAS terá prazo de duração de dez anos e destinará recursos a fundo perdido, sendo obrigatória a contrapartida municipal de pelo menos 30% do valor do projeto.

A construção de aterros sanitários poderá ser de responsabilidade de um município ou de um consórcio de municípios, sendo condição para acessar o fundo a aprovação de planos municipais de resíduos sólidos.

A matéria também obriga a União fiscalizar cada etapa cumprida e comprovação do adequado funcionamento e da segurança ambiental, especialmente com relação à proteção do lençol freático.

O projeto segue agora para Comissão de Assuntos Econômico, onde terá votação em caráter terminativo.

Lei quer liberar diesel para carros de passeio

Alternativa a gasolina, o diesel que é altamente difundido em uso de carros de passeio na Europa, é proibido para esse tipo de veículo no Brasil, mas um projeto de lei quer acabar com isso.

O projeto de lei 84/2015 do senador Benedito de Lira, quer derrubar a portaria 23/1994 do Departamento Nacional de Combustíveis (DNC), que veta o uso do diesel em carros de passeio e o libera apenas para veículos de transporte coletivo, carga ou off-road com capacidade acima de 1.000 kg. No Brasil, para esse uso o diesel é subsidiado pelo governo.

No texto do projeto, o senador levanta as vantagens dos motores a diesel com os avanços dos últimos anos, que os tornaram mais econômicos, silenciosos e menos poluentes, fatores que vão ao encontro das leis de emissões mais restritivas a cada ano.

Outro ponto abordado é que a liberação do diesel para carros de passeio, ajudaria a alavancar o desenvolvimento do biodiesel, tecnologia que cria o combustível a partir de óleos vegetais, como o da mamona, tornando-o uma alternativa ao diesel derivado do petróleo, reduzindo a dependência do combustível fóssil no País.

URCA de Iguatu realiza solenidade de colação de grau na sexta-feira (28)

Reitor Patrício Melo e Dr. Ivo, diretor da URCA de Iguatu
A Unidade Descentralizada da URCA em Iguatu realiza na próxima sexta-feira, dia 28, a partir das 20h, a solenidade de outorga de grau a 80 concludentes dos cursos de Ciências Econômicas, Direito e Educação Física. 

Esta é a primeira solenidade colação de grau que é realizada no novo campus multiinstitucional Humberto Teixeira, que fica localizado na Avenida Dario Rabelo. 

A solenidade vai contar com a presença do reitor Professor Patrício Melo, sendo sua primeira solenidade como reitor da URCA-Universidade Regional do Cariri e toda a equipe que compõe a cerimônia de colação. 

Para o professor Ivo Ferreira, diretor da URCA em Iguatu, "é motivo de muito orgulho de estar diretor geral desta grande Unidade, no momento em que mais 80 concludentes dos Cursos de Ciências Econômicas, Direito e Educação Física estarão consolidando conquistas e aptos a construir o futuro", afirmou ele. 

Odilon cobra ao Governo Federal regularidade na distribuição do milho

Deputado Odilon Aguiar
O deputado estadual Odilon Aguiar (Pros) cobrou, nesta quarta-feira (26/08), em pronunciamento na Assembleia Legislativa, mais atenção e sensibilidade do Governo Federal com a distribuição do milho para o rebanho animal no Interior do Ceará. Segundo Odilon, o programa “Venda Milho em Balcão”, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), não tem atendido a demanda dos criadores em termos de quantidade e regularidade na oferta. “Temos que alertar aos deputados federais e senadores para que levem essa demanda para o Governo Federal”, apelou Odilon, após ouvir relatos de agricultores da Região dos Inhamuns sobre a falta do milho.

Odilon Aguiar destacou a Carta do Milho do Ceará, documento elaborado por várias entidades representativas do trabalhador rural e encaminhado à Presidência da República, alertando sobre os principais problemas dos produtores rurais. A carta explica que, para atender aos 65 mil agropecuaristas cadastrados no programa pela Conab, será preciso disponibilizar 34 mil t/mês de milho para o Ceará, ou 442 mil toneladas até março de 2016. O documento solicita ainda 388 mil toneladas de caroço de algodão para a manutenção mínima de 720 mil matrizes leiteiras do Estado até dezembro deste ano.

Estudantes da URCA participam de projeto na Europa

Os estudantes da Universidade Regional do Cariri (URCA) aprovados na seleção internacional de bolsas do projeto Euro Brazilian Windows Plus (EBW+) – Erasmus Mundus chegaram hoje à Europa. Ana Carla de Almeida Morais Lacerda, Maria Vilaneide Vieira dos Santos e Maria José Chaves, do Curso de Pedagogia, juntamente com Wesley de Sousa Lima, estudante de Geografia, foram aprovados na seleção internacional de bolsas do projeto Euro Brazilian Windows Plus (EBW+) – Erasmus Mundus.

Acompanhados do Assessor de Relações Internacionais da URCA, Fábio José Rodrigues da Costa, os alunos foram recebidos na manhã da última segunda-feira (24), pelo Reitor da URCA, José Patrício Pereira Melo, pelo Pró-Reitor de Ensino e Graduação, Francisco Egberto de Melo, pelo Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa, Allysson Pontes Pinheiro, e pela professora do Curso de Pedagogia e Coordenadora do Pibid/URCA, Francisca Clara Oliveira.No encontro com os alunos foi destacada a relevância do Projeto EBW+ que inaugura novas perspectivas de garantia de mobilidade acadêmica tanto para alunos da URCA quanto para professores e técnicos-administrativos. “Parabenizamos os alunos pelo esforço e dedicação. Desejamos que vocês sejam felizes, que se realizem profissionalmente e aprendam com as culturas diversas da nossa.

A URCA é a única instituição de ensino superior estadual que compõe o consórcio de 10 instituições parceiras do Brasil no projeto EBW+. O programa EBW+ tem o objetivo de promover a educação superior e a pesquisa nos países europeus e, ao mesmo tempo, reforçar os laços acadêmicos com universidades de todo o mundo. Dez instituições brasileiras e dez europeias participam do programa que propicia novas oportunidades de intercâmbio para graduação, doutorado, pós-doutorado e aperfeiçoamento técnico nas áreas de Educação, Engenharia e Tecnologia, e Artes. O projeto é coordenado pela Universidade do Porto (Portugal) e Co-Coordenado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (Brasil).A URCA ingressou nesse programa porque em 2012 a gestão superior da Universidade fez um convênio de cooperação geral com a Universidade do Porto (Portugal), coordenadora do Projeto. Em 2014, a Universidade do Porto, amparada por esse convênio de cooperação, consultou a URCA para saber do seu interesse em fazer parte desse consórcio. A partir desse processo a Universidade passou a compor o consórcio de universidades brasileiras, sendo a única instituição de ensino superior estadual a se inserir no Projeto EBW+.

TCU dá mais 15 dias para governo Dilma explicar contas de 2014

Equipe técnica de Dilma ganhou mais tempo
O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu que vai conceder mais 15 dias para que o governo Dilma Rousseff apresente as explicações sobre possíveis irregularidades nas contas de 2014. Com o novo prazo, o Palácio do Planalto tem até 11 de setembro para finalizar a sustentação.

Com aval da presidente Dilma Rousseff, o Advogado-Geral da União Luís Inácio Adams, esteve pessoalmente no plenário do TCU para acompanhar a decisão. A presença do ministro é incomum. A única vez que Adams esteve em plenário para acompanhar uma decisão sobre as contas do governo foi no dia 17 de junho, quando a Corte estabeleceu prazo de 30 dias para que fossem dadas as explicações.

Adams defendeu que o pedido de adiamento não é uma forma de protelar o processo. Após a decisão, ele afirmou que a decisão respeitou o prazo. “Para mim, está atendido”, ressaltou, dizendo que não vai haver nenhum tipo de contestação no Supremo Tribunal Federal sobre o tema. Estava nos planos do governo recorrer ao STF caso não conseguisse estender o prazo.

No dia 12 de agosto, após pedir novas informações ao Executivo, o TCU já havia permitido uma extensão de 15 dias no prazo. Nesta segunda-feira, 24, o governo pediu mais 15 dias para que pudesse apresentar argumentos. Apesar de a prerrogativa de decisão ser do relator, Nardes optou por consultar os colegas em plenário, em sessão que transcorreu de forma tensa.

Questionando a consulta informal de Nardes, o ministro Benjamin Zymler chegou a perguntar se o relator queria apoio intelectual ou um “conforto psicológico”. Após contestações, ficou decidido que a decisão iria a voto no plenário. Por unanimidade, os ministros decidiram acompanhar a posição de Nardes e conceder mais 15 dias.

Para o relator, se não fosse dado o novo prazo, um possível recurso do governo poderia fazer com que o processo se estendesse ainda mais. Ele criticou os adiamentos concedidos ao governo. “A sociedade brasileira aguarda com ansiedade o nosso parecer”, disse. “Assim como nós mesmos estamos impacientes com as prorrogações sucessivas.”

O principal ponto da análise feita pela Corte de Contas são as “pedaladas fiscais”, prática do Tesouro Nacional de atrasar de forma proposital os repasses para bancos públicos e privados com a finalidade de melhorar artificialmente as contas públicas.

Deputado Agenor Neto se reúne com presidente do BNB e solicita apoio para a realização da ExpoIguatu e implantação do distrito industrial

Marcos Holanda (BNB) e Agenor Neto 
O deputado estadual Agenor Neto (PMDB) esteve reunido, essa semana, com o presidente do Banco do Nordeste (BNB) Marcos Holanda, em Fortaleza. Durante a visita, o parlamentar tratou de projetos e assuntos de interesse de Iguatu e região, em especial a questão da parceria para a implantação do distrito industrial de Iguatu.

Durante a reunião, Agenor Neto também solicitou apoio financeiro para a ExpoIguatu 2015, evento que será realizado no período de 04 a 06 de setembro. A ExpoIguatu é um evento tradicional do município, e este ano chega a sua edição de número 52. "O presidente nos assegurou o apoio financeiro, mas exigiu que o Rotary Club prestasse contas do último convênio", disse o parlamentar.
Ainda durante a audiência, o parlamentar solicitou a parceria do banco para o encontro do G20, que será realizado nos dias 22 e 23 de outubro em Petrolina. 

O evento conta com a participação dos 20 municípios mais desenvolvidos do semiárido nordestino, incluindo Iguatu. "O presidente se colocou à disposição para qualificar as gestões do G20, e nos informou que o banco deverá estar presente no encontro em outubro", disse.