quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Deputado estadual Heitor Férrer quer que conselheiro do extinto TCM assuma vaga no TCE

Heitor Férrer foi autor da proposta que extinguiu o TCM
O deputado estadual Heitor Férrer (PSB), autor da proposta que extinguiu o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), defendeu, nesta quarta-feira (13), que a vaga aberta no Tribunal de Contas do Estado (TCE), com a aposentadoria do conselheiro Teodorico Menezes, deve ser preenchida por um dos sete conselheiros do TCM, postos em disponibilidade após a extinção da instituição.

Durante o processo de extinção do TCM, o presidente do órgão, Domingos Filho, chamou o conselheiro Ernesto Saboya de “vendilhão” e o acusou de vender a extinção da instituição em troca de um cargo como conselheiro do TCE. O acordo teria sido feito com o grupo político dos Ferreira Gomes.

A Assembleia decretou a extinção do TCM duas vezes, a primeira acabou sendo barrada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Nas duas ocasiões, a aprovação das propostas de Heitor Férrer contra o tribunal foi financiada pela base dos Ferreira Gomes na Casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário